A Bíblia, a Bota e o Boi: a presença protestante na colonização do Médio Rio Doce

Jaider Batista da Silva

Resumo


O presente ensaio tenta fazer um inventário elementar de acontecimentos que ocorreram no Médio Rio Doce, os quais foram alinhavados ao propósito de colonização. Tal inventário tem por intento servir de pano de fundo para a compreensão da diferença que essa região constitui em Minas Gerais, ao não apresentar um grupo religioso hegemônico, devido à ausência de imigrantes protestantes, sendo as igrejas evangélicas locais o resultado do protestantismo de missão. Mediante a ausência de investigações sobre o assunto e inspirado pelo historiador Bronislaw Gemerek, que mostra ser possível tomar a literatura como história social, o autor remete-se a literatura (romanceada ou autobiográfica) para entender o processo de colonização da região.

Palavras-chave


Religião; Protestantismo de Missão; Região do Médio Rio Doce; Colonização

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22351/nepp.v11i0.2093


Direitos autorais

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

 ISSN 1678-6408


Rua Amadeo Rossi, 467
Morro do Espelho - São Leopoldo - RS - Brasil
CEP 93.030-220 - Tel.: +55 51 2111 1400